Povos da Amazônia

Povos da Amazônia

Os povos indígenas são os moradores ancestrais e originários da floresta amazônica, com línguas e culturas milenares. Na atualidade, na Amazônia Continental, existem-resistem uns 400 povos indígenas e são faladas umas 300 línguas.

No Brasil, no ano de 1500, calcula-se que a população indígena era de uns 5 milhões. Essa enorme população foi violentamente reduzida a apenas 200 mil pessoas durante a ditadura militar (1975). O projeto militar previa acabar com os índios até o ano 2000.

Todos esses processos históricos foram modificando a realidade ambiental e social da Amazônia, quase sempre de um modo muito violento e gerando situações muito dolorosas para os povos indígenas e populações tradicionais da região.

     De Volta ao Passado 

A história dos antepassados começa há muitos anos atrás na Amazônia indígena antes da chegada dos europeus. 

Não existe atualmente um quadro consensual básico sobre a Pré-História indígena da Amazônia brasileira. Esse fato decorre, em parte, da falta de conhecimento primário sobre a arqueologia de muitas áreas da região, apesar dessa tradição centenária de pesquisa.

A história dos antepassados indígenas da Amazônia possui provisoriamente as seguintes fases: a Paleoíndigena, a Arcaica e a Pré-história Tardia.

Percebe-se que as primeiras fases da história de ocupação ainda não foram bem estudadas pelos arqueólogos, pelo fato de que estão mais interessados nas ocupações mais recentes.

Fase Paleoindígina

Existe uma série de evidências oriundas de ocupações humanas da fase Paleoindígina. Nas terras altas ao norte do rio Orenoco e ao sul do rio Amazonas foram identificados diversos conjuntos de artefatos líticos lascados por percussão. 

Esses achados estavam compostos pelos seguintes utensílios: machadinha tosca, núcleos, lascas e raspadores de superfície plana, aparentemente para confecção de gravuras rupestres.  

Fase Arcaica

Esta também foi pouco estudada; no entanto, já foram descobertos e identificados diversos complexos pré-cerâmicos, pelos quais foi possível inferir-se uma transição da subsistência baseada na caça e coleta para uma agricultura incipiente. O conjunto de artefatos líticos toscos lascados por percussão encontrados no delta e região do baixo Amazonas pode representar a transição do artesanato do estágio pré-cerâmico inicial ao cerâmico. 

Fase da Pré-história Tardia

A fase Pré-história Tardia (1000 a.C. a 1000 d.C.) DA Amazônia pode ser caracterizada pelo surgimento, ao longo dos principais braços e deltas dos rios, de sociedades indígenas com grau de complexidade bastante significativa na sua economia, demografia e nas suas organizações políticas e sociais.       

Cacicados Complexos

Era sociedade indígenas complexas ao longo das várzeas do rio Amazonas e  estavam localizados em assentamentos contínuos e permanentes, cujos territórios de domínio mediam cerca de dezenas de milhares de quilômetros quadrados e comportavam milhares de indivíduos.

As economias dessas sociedades eram baseadas na agricultura, com produção em larga escala de plantas, raízes e sementes em roçados, e caça e na pesca intensivas.

Em muitos cacicados das várzeas, o milho, mais do que a mandioca, era principal gênero alimentício.

O meio ambiente amazônico foi capaz de fornecer a sustentação dessas sociedades complexas por cerca de 2 mil anos; no entanto com a chegada dos europeus á região tudo desandou. Começando as fases da conquista e da colonização; em nome de uma civilização cristã e de uma incessante busca de poder e riqueza material.

No entanto, esse processo não foi uniforme, pois, no alto rio Negro, por exemplo, há evidências de continuidade entre as populações indígenas contemporâneas e as pré-históricas.

Nas paragens da história o passado

É de guerras, pesar e alegria,

É vitória pousando suas asas

Sobre o verde de paz que nos guia.

Assim foi que nos tempos escuros

Da conquista apoiada ao canhão,

Nossos povos plantaram seu berço,

Homens livres, na planta do chão.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s